Manutenção preventiva para a próxima viagem

Realizar a manutenção regular do veículo ou mesmo a manutenção preventiva antes de uma viagem é item fundamental para quem tem carro de passeio porém, quem possui um RV a coisa já muda de figura… principalmente se você mora no interior do estado e não tem acesso a peças, serviços e demais itens de série do seu RV.

Neste post vou contar um pouco da saga que está sendo realizar a manutenção preventiva em meu trailer para a viagem que sempre programo para o final do ano.

Meu trailer é um Apolo Family de 4 metros ano 2014.

 

 

Então vamos ao que interessa…

Como o trailer já tem 3 anos, fiz um check-list para lembrar de todos os itens de manutenção que achei interessante realizar ou que fui notando que seria necessário realizar com o tempo:

  • Substituição da hidráulica
  • Instalar nova Bomba d´água
  • Instalar as fitas LED (sinalização traseira e iluminação nos armários
  • Solucionar problemas com infiltração
  • Manta/fita asfáltica para impermeabilizar entrada de água pelo piso da frente (por baixo)
  • Disjuntor Bipolo interno para desligar alimentação externa
  • Prateleiras (em cima da TV e pia)
  • Arrumar suporte da caixa dágua
  • Instalar Tomada externa
  • Cortar parafuso do Toldo e costurar/colar velcro
  • Adaptador e mangueiras para saída de água servida
  • Arrumar borracha/contorno da porta
  • Adesivar e colar faixas reflexivas
  • REVISÃO MECÂNICA – Freio inercial e sapatas – Suspensão

 

Hidráulica

A primeira coisa que fiz foi substituir todas as mangueiras flexíveis por canos de PVC de 1″. As mangueiras estavam ressecadas e apresentando pontos de vazamento.

Não tem nada pior do que você parar em um camping ou posto para pernoitar, ligar sua mangueira de água servida para descarte no local adequado e perceber que a sua “água suja” está se espalhando por todo lado.

 

Os canos de PVC, embora pareçam rígidos tem uma certa “maleabilidade” o que permite que se ajustem as possíveis “torções” que o chassi/piso/paredes possam sofrer nas viagens. Os pontos de fixação não prendem totalmente os canos ao trailer permitindo assim que eles se “movimentem” se necessário. Já fiz duas viagens curtas (200 Km) e não detectei nenhum problema.

 

 

Ainda na questão hidráulica, depois de minha última viagem para Floripa, onde minha bomba d´água parou por conta do pressostato, comecei a pensar em soluções pois felizmente eu consegui encontrar e substituir o pressostato para que a bomba d´água voltasse a funcionar. Pensei em comprar todasas peças de reposição da bomba e levar comigo para manutenção, mas e se o motor queimar? Então deveria ter um motor avulso a bomba para substituição? Em termos de custo benefício resolvi instalar duas bombas completas que deveriam ser acionadas individualmente mas aí esbarrei em outro problema: Registros que deveriam ser abertos e fechados quando as bombas fossem alternadas…

Como sou professor de informática e também trabalho com robótica e automação, tenho facilidade em solucionar problemas que envolvam a pura e simples lógica matemática e também conheço bastante materiais, relês e válvulas eletro-eletrônicas, o que facilitou bastante a solução final deste problema.

Inicialmente pensei em utilizar válvulas solenóides que seriam acionadas eletronicamente quando as bombas fossem ligadas/desligadas mas estas válvulas além de consumir a energia das baterias ainda podem aquecer e apresentar pequenas variações em suas bobinas o que ocasionaria acionamentos não desejados.

Solução: Acionamento mecânico com válvulas de retenção/refluxo.

Este vídeo ilustra o “esquema” de montagem com as válvulas

Notem que também instalei as duas bombas sobre uma chapa de metal que foi fixada (por baixo) no piso do trailer. Após a solução “mecânica” de ligação das bombas passei então para a solução elétrica. Precisava ligar as bombas individualmente mas não queria colocar dois botões, um para cada bomba pois como tenho duas crianças pequenas, elas poderiam acionar os dois botões ao mesmo tempo e eu nem calculei o que poderia acontecer.

Neste caso optei por um interruptor paralelo que possui um “pino” comum e dois terminais que podem ser acionados individualmente, além de possuir uma posição “desligado”. Além disso, gostaria de saber quando cada uma das bombas estava sendo acionada e então fiz um esquema elétrico para acender LED´s indicadores.

Este vídeo mostra o acionamento das bombas de forma individual e o LED indicador.

Neste outro vídeo fiz os testes do acionamento.

Infiltração

Descobri, após notar manchas dentro do trailer que a chapa de fibra havia rachado na parte traseira. Parece que a fibra encolheu ou a madeira, quando úmida inchou e expandiu, criando um trinco entre a fibra e o acabamento de alumínio. O que fiz foi remover o perfil de alumínio, “lambuzar” de cola PU o espaço com umidade e recolocar o perfil.

  

Assim que retirei o perfil de alumínio aproveitei para embutir um par de fio 12 Volts para ligar um Break Light caseiro.

 

Lanternas traseiras

Após várias manutenções nas lanternas do trailer (as lâmpadas queimavam pois entrava água dentro da carcaça da lanterna) resolvi substituir por lanternas LED. A princício ficou visualmente melhor que as antigas lanternas mas achei que a luz do freio estava “fraca” demais e não sinalizaria corretamente quando estivesse frenando.

Com a manutenção dos pontos de vazamento, aproveitei para “passar” um par de fios e criar um Break Light com fitas LED na traseira do trailer.

 

 

 

 

 

 

Ficou tão bom que já comprei mais fitas LED na cor amarelo âmbar e vou complementar os sinalizadores (setas) direita e esquerda.

 

Veja o funcionamento

Rejunte do banheiro e clarabóias

Percebi que o rejunte dos cantos do banheiro estavam “descolando” podendo causar pontos de infiltração no trailer. Então removi todo rejunte e re-apliquei novamente.

 

 

Aproveitei para remover as clarabóias para limpeza e descobri que também havia umidade na madeira que circunda o plástico da clarabóia. Aproveitei que já estava com a cola PU na mão e impermeabilizei as bordas da clarabóia.

 

Agora não tem como entrar água no madeiramento pelas clarabóias.

 

 

 

Tomada externa

Sempre que estou na varanda/toldo do trailer e preciso ligar a panela de arroz ou qualquer outro item elétrico eu tenho que “abrir” minha cozinha externa ou mesmo ligar uma extensão e isso me incomodava muito. Então instalei uma tomada externa próximo a cozinha.

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s